Buscar
  • COP

O Tênis Vermelho

Para cadastrar entidades no Conecte Os Pontos, eu e meu irmão as visitamos para ter certeza que são entidades sérias, confiáveis e para a gente conhecer um pouco do que elas fazem e de como podemos ajudar. Uma das entidades que visitamos foi a OAT (Oficina Abrigada de Trabalho).

Em nossa visita tivemos o privilégio de conhecer e trabalhar com crianças muito especiais. Uma das crianças que nos ajudou na OAT, mostrando e explicando tudo, foi uma menina de mais ou menos 12 anos, ela estava muito animada de nos ajudar mesmo se isso quisesse dizer que era menos tempo para ela fazer suas atividades.

Ela viu que eu tinha vindo com meu irmão, sem minha mãe, e me perguntou se eu tinha uma mãe, mas logo percebi que ela não estava mais tão feliz como antes. Respondi que sim, que minha mãe logo iria voltar para vir me buscar, então, ela me contou que tinha perdido a sua mãe e estava sentindo muita falta dela.

Comecei a pensar como seria minha vida sem minha mãe, e percebi que nunca iria poder imaginar como a menina estava se sentindo, mas mesmo assim carregava um sorriso por onde ia.

Para mudar de assunto, começamos a falar sobre sapatos. Com muita animação, começou a me contar que seu sapato favorito era um vermelho com uma estrela branca aí, ela me perguntou se eu tinha um sapato igual ao dela. Respondi que não, e com um grande sorriso, falou que eu podia ficar com o sapato dela. Isso me chocou, uma menina que tinha tão pouco, queria me dar o seu sapato favorito, que ela tinha orgulho de ter, só para me deixar feliz, e o mais impressionante foi, ela não estava fazendo isso por obrigação ou porque ela não queria mais o sapato, ela estava fazendo isso para ajudar e agradar outra pessoa, nesse momento foi quando eu realmente entendi o que eu mesma estava tentando fazer: mostrar para os outros, que ajudar outra pessoa não é para ser uma coisa desprazerosa, uma coisa que alguém esta te forçando a fazer, tem que vir do coração, e com o Conecte Os Pontos espero que outras pessoas também entendam isso, também sintam essa felicidade de poder fazer a vida de alguém, de outra pessoa, melhor.

Vim para a OAT para ver o que podia fazer para os ajudar, mas fui eu que acabei recebendo ajuda. Isso nos inspira, nos dá mais força para arrecadar doações, nos incentiva a continuar com o nosso projeto, e nos mostrou que todos precisam de ajuda e único jeito de serem ajudados é ajudando.


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2023 by Salt & Pepper. Proudly created with Wix.com

SUBSCRIBE VIA EMAIL

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now